Últimas do Mix

Saque do FGTS de até R$ 1 mil é liberado para 12 milhões de trabalhadores

 

Foto: shutterstock

As 12 milhões de pessoas que ainda não realizaram o saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS têm até o próximo dia 15 de dezembro para resgatar o valor, quem perder este prazo perderá em definitivo a possibilidade de aderir à modalidade.

Após esse prazo, os recursos não movimentados – que somam até o momento R$ 8 milhões, de acordo com dados da Caixa – voltarão à conta do FGTS.

Após esse prazo, os trabalhadores que não movimentarem o dinheiro do FGTS não poderão mais sacar o dinheiro e o mesmo retornará para as contas do Fundo de Garantia.

Como resgatar o dinheiro do FGTS?

O pedido de saque pode ser feito diretamente pelo aplicativo FGTS, disponível para celulares Android e iOS. No próprio aplicativo é possível tirar as dúvidas na opção “Saque Extraordinário”.

Após a solicitação pelo aplicativo, o dinheiro será transferido para uma conta poupança social que pode ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem. A consulta pelo site da Caixa foi desabilitada.

O valor máximo que os trabalhadores podem sacar é de até R$ 1 mil, mesmo que as pessoas tenham mais saldo em conta. Já os trabalhadores com menos de R$ 1 mil podem sacar todo o valor disponível nas contas do FGTS.

A prioridade de saque acontece na seguinte ordem: primeiro são retirados os fundos das contas inativas, e posteriormente das contas ativas, ou seja, vinculadas ao emprego atual.





Fonte: Jornal Contábil

Nenhum comentário