Últimas do Mix

Zona leste de Manaus recebe quarta edição do Dia Mundial do Hip Hop, neste sábado (12/11)

 

FOTO: Tácio Melo/Secom e Michael Dantas/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

A quarta edição do Dia Mundial do Hip Hop acontece neste sábado (12/11), do meio-dia às 21h, no Conselho de Desenvolvimento Comunitário do Coroado (CDCC), zona leste de Manaus. A programação terá a presença de rappers, MCs, DJs e apresentações de break dance, com destaque para a ancestralidade e a importância da vertente musical do movimento cultural do Hip Hop. A entrada é gratuita.

Promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o evento é resultado de uma parceria com o grupo Nativos Crew. Segundo o secretário de Cultura, Marcos Apolo Muniz, a iniciativa oportuniza grupos minoritários a mostrarem seus talentos.

“Temos a grande responsabilidade de fomentar a economia por meio da arte e oportunizar grupos de expressões culturais de rua. Isso faz uma grande diferença na vida de muitos jovens, além de quebrar estereótipos negativos, muitas vezes associados a eles”, afirma Apolo.

O produtor do grupo Nativos Crew, Maykon Andrade, conhecido como Bboy MayKing, ressalta que a cultura Hip Hop é uma proposta de inclusão e diversidade.

“O movimento nasceu marginalizado, e até hoje ainda há um pouco disso, mas a cultura de rua tem servido para incluir as pessoas. Acredito que o maior trunfo e a mensagem do Hip Hop são a inclusão e o respeito ao próximo”, explica o produtor. Esta edição traz ainda o contexto histórico do Hip Hop e seus quatro elementos: DJs, MCs, break dance e grafite.

O CDCC, na rua Ouro Preto, 513, bairro Coroado 3, zona leste de Manaus, irá receber a quarta edição do movimento cultural e contará com oficina de Hip Hop ministrada pelo coreógrafo Fernando Castelo Branco.

O público também terá acesso a uma diversificada programação que contará com rodas de conversa com produtores culturais e artistas, um pocket show com o grupo Artigo 5 e as aguardadas batalhas de Break Dance, individual e infantil. As disputas serão avaliadas pelos artistas Bboy Ariel, Bgir Josy, e Bboy Luminoso.

Além disso, esta edição terá batalha de dança All Style, com dez artistas representando todas as zonas de Manaus e performance de beatbox com Logan e MCs. As áreas externas estarão disponíveis aos grafiteiros, que terão a oportunidade de expressar a arte, ao som dos DJs W Killa e Carapanã.

Para participar da oficina de Hip Hop, os interessados devem acessar o endereço linkr.bio/nativoscproducoes. Já para as batalhas de dança, beatbox e outras, as inscrições serão feitas presencialmente, no dia do evento, com vagas limitadas. A produção do evento recomenda trajes confortáveis aos participantes das atividades.

Texto: Agência Amazonas.

Nenhum comentário