Últimas do Mix

Manaus recebe prêmio por práticas de sucesso na Saúde

Fotos – Bruno Spada / In.Pacto

Manaus foi premiada, na sexta-feira, 16/12, como exemplo na Atenção Primária à Saúde (APS). Durante dois dias, em Brasília, a gestão da saúde da capital do Amazonas apresentou as ações de sucesso relacionadas à vacinação infantil e ao atendimento às gestantes e às pessoas com doenças crônicas. As práticas foram apresentadas no “Seminário Nacional de Qualificação de Desempenho na APS: Boas Práticas de Gestão” e na “1ª Oficina Força Pré-Natal do SUS”, promovidos pela Secretaria Nacional de Atenção Primária em Saúde.


Manaus está no topo do ranking entre as capitais brasileiras, pelo desempenho nos índices avaliados pelo programa Previne Brasil por três quadrimestres consecutivos. No segundo quadrimestre de 2022 foram identificados 40 municípios com Indicador Sintético Final (ISF) igual a dez, e selecionados cinco com os melhores indicadores por porte populacional para destacar as suas experiências exitosas de desempenho na Atenção Primária à Saúde (APS).

 

Representando Manaus, o subsecretário de Saúde, Djalma Coelho, recebeu das mãos do secretário de Atenção Primária à Saúde (SAPS/MS), Raphael Câmara, da diretora do Departamento de Promoção da Saúde, Juliana Rezende Melo da Silva, e da diretora do Departamento de Saúde Materno Infantil do Ministério da Saúde, Lana de Lourdes Aguiar, o troféu de destaque nacional.

 

“Ainda há muito trabalho pela frente. Nosso desafio é alcançar, o mais breve possível, todas as metas estipuladas. Para isso queremos investir ainda mais em inovações tecnológicas para obtermos a melhoria contínua dos resultados, refletindo na ampliação da assistência à saúde básica do município de Manaus”, destacou o subsecretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, acompanhado por técnicos da pasta.


Temáticas do evento

 

No encerramento do “Seminário Nacional de Qualificação de Desempenho na APS: Boas Práticas de Gestão”, o subsecretário apresentou as estratégias trabalhadas com os pacientes de doenças crônicas, atendidos na rede municipal de Saúde. O uso de ferramentas de telemonitoramento e o contato e busca ativa dos pacientes por meio das equipes de estratégia de Saúde da Família estão entre as ações que garantem êxito no tratamento e acompanhamento destes pacientes.

 

Ao longo da semana, outras temáticas de destaque na atenção primária à saúde de Manaus também foram apresentadas aos gestores do país. A cidade foi reconhecida pelos trabalhos realizados na área da vacinação contra poliomielite e pentavalente. Até novembro deste ano, os índices de cobertura vacinal totalizaram 75% contra a poliomielite, 7% a mais que em 2021 e 72% da pentavalente, 4,6% maior que no ano passado. Segundo a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, a meta é chegar ao patamar de 95%. Por isso, mesmo com o reconhecimento dos esforços do município, os trabalhos continuarão intensificados.

 

“Temos muitos desafios a vencer quanto à vacinação, como os movimentos antivacina e as fake news. Precisamos nos esforçar, mais do que nunca, para voltarmos a ter imunização no nível de segurança que já tivemos um dia. Muitas doenças que já foram erradicadas podem voltar a nos prejudicar se não agirmos”, destacou a secretária Shádia Fraxe, ao falar sobre o objetivo a ser cumprido pela Semsa de alcançar índices ainda melhores.

 

Outro ponto debatido pela Semsa durante o evento foi o cuidado com as gestantes, no pré-natal, mais uma área na qual Manaus conseguiu alcançar o reconhecimento por meio dos resultados do Previne Brasil. A avaliação levou em consideração, sobretudo, as ferramentas tecnológicas envolvidas no tratamento às gestantes, que possibilitaram um acompanhamento mais amplo e eficaz na rede pública municipal.

 

Neste caso, Manaus se tornou uma das referências nacionais no tratamento das mulheres grávidas com o dashboard Glenda. O painel tecnológico auxilia a Semsa no acompanhamento e monitoramento das gestantes, indicando possíveis exames e consultas pendentes, e histórico de atendimentos em unidades da rede municipal.

 

As temáticas foram apresentadas pela secretária Shádia Fraxe e pelo subsecretário Djalma Coelho. O evento contou com a participação de representantes de mais de 40 municípios do país.

Nenhum comentário