Últimas do Mix

Homem é devorado por urso em parque durante acampamento com amigos

 

Yevgeny Starkov, de 42 anos, não conseguiu escapar ao ataque do urso e foi morto e comido pelo animal no Parque Natural de Yergaki, na Rússia (Foto: Thesun.co.uk/Reprodução)

Yevgeny Starkov, de 42 anos, estava acampando com um grupo de amigos no Parque Natural de Yergaki, na região da Sibéria, na Rússia, quando, às 6h, no momento em que estavam desmontando as barracas, foram atacados por um urso. De acordo com o tabloide britânico The Sun, todos conseguiram fugir do animal faminto, menos Starkov.

Como mostra o jornal, o campista não conseguiu escapar a tempo e foi dilacerado e mordido pelo urso raivoso.

“Eu estava recolhendo minha mochila, virei a cabeça para a esquerda e, do outro lado, entre duas pedras, vi surgindo um urso. Ele tinha uma cabeça grande com a boca babando. Eu gritei: ‘urso!’. O animal rugiu e correu até a gente”, conta Anton Shelkunov, amigo da vítima, citado pelo The Sun.

Ele e os amigos Yevgeny Dobrorodny e Pavel Zhemchugov conseguiram fugir ilesos, mas aterrorizados, do local do incidente.

Mas Yevgeny Starkov, um turista de Moscou, capital russa, foi rapidamente capturado e atacado até a morte pelo animal.

Enquanto os três campistas estavam correndo para se salvarem, de acordo com o tabloide, o urso voltou a atenção para eles e começou a persegui-los, em alta velocidade, usando as quatro patas.

Conforme Anton Shelkunov, citado pelo The Sun, o grupo só conseguiu sobreviver por que escalaram uma rocha de cerca de 50 m de altura.

Acuados, eles só podiam assistir à cena aterrorizante: o urso estava comendo o corpo do amigo que ficou no acampamento.

“Então o urso se distraiu e começou a olhar para nós. Subimos ainda mais alto, Ficamos lá por cerca de 15 minutos enquanto olhávamos o que estava acontecendo e decidíamos o que fazer”, revela Shelkunov.

Eles decidiram então caminhar por sete horas em busca de socorro.

Segundo o The Sun, Igor Gryazin, diretor do parque siberiano, confirmou que um dos integrantes do grupo foi fatalmente atacado pelo urso enquanto estavam acampando.

Um helicóptero foi usado para vasculhar a área em busca dos restos mortais de Yevgeny Starkov, afirma o tabloide britânico, mas uma chuva forte impediu que as autoridades chegassem ao local do ataque.

O jornal lembra que o urso pode ter sido atraído pela comida dos campistas.






Fonte: TrendsBR

Nenhum comentário