Últimas do Mix

Jovem fica paralisado ao levar choque de peixe-elétrico em rua alagada

 

Foto: Reprodução

Lucas Rocha de Oliveira, de 18 anos, segue hospitalizado no Hospital Estadual de Laranjal do Jari, após encostar em um poraquê, uma espécie de peixe-elétrico existente na região amazônica.

O quadro de saúde do jovem e o acidente foram confirmados ao portal de notícias do G1 pela diretora da unidade hospitalar, a partir de depoimentos da família da vítima. Ele deu entrada no hospital após sofrer uma descarga elétrica e ficar paralisado.

Testemunhas acham que o peixe apareceu na área urbana por conta das fortes chuvas que atingem a região desde março. O município tem regiões alagadas desde as cheias do Rio Jari. O nível atingiu uma marca histórica ao superar os três metros.

Até a manhã desta terça-feira (3) o G1 não teve resposta da família da vítima para atualizar seu estado de saúde e como ocorreu o acidente. Apesar dessa falta de informação, Arailza Martins, diretora do hospital, disse que ele será levado para atendimento neurológico em Macapá, capital do Amapá, a 265 quilômetros do local.


Peixe-elétrico poraquê da Amazônia

O animal, que poderia estar no local devido às cheias, segundo o analista ambiental Raimundo Nonato Gomes, costuma fazer esses tipos de ataques e se defender de possíveis predadores.

Há dois sinais elétricos emitidos pelo peixe. O mais fraco é para poder se localizar no ambiente e fazer uma comunicação com outros da mesma espécie, já o mais forte é para presas e ataque de predadores. A tensão elétrica emanada pelo animal pode chegar a até 860 volts.



Fonte: I7news

Nenhum comentário